Unimed - Capa
Futebol

Defesa apresenta falhas e Flamengo perde para Figueirense por 4 a 2

25 Ago 2016 - 15h35
Logo aos cinco minutos de jogo, a defesa do Flamengo deu o primeiro sinal de que não teria uma noite fácil, ao ver o atacante Rafael Moura cabecear para as redes de Paulo Victor após uma cobrança de falta. Sorte que o jogador estava impedido e o gol foi anulado pela arbitragem.

No entanto, logo em seguida, o rubro-negro não teve a mesma sorte e viu o time catarinense abrir o placar com Rafael Moura, que recebeu na entrada da área e chutou no canto esquerdo de Paulo Victor.

Minutos depois, o Flamengo teve uma pequena esperança de finalmente entrar no jogo, após Alan Patrick aproveitar uma bola que sobrou na área e fazer 1 a 1. Porém, a defesa rubro-negra, deixou o zagueiro Marquinhos cabecear sozinho e deixar novamente o Figueirense na frente do placar.

Em seguida, o zagueiro argentino Donatti, que fez seu primeiro jogo como titular, protagonizou um lance estranho ao escorregar no gramado, deixando a bola livre para Rafael Moura, que encobriu Paulo Victor, marcando um belo gol.

O início do segundo tempo não foi diferente da etapa inicial. O lateral-direito Ayrton cobrou falta para a área rubro-negra, o goleiro Paulo Victor falhou e Rafael Moura completou para as redes, fazendo seu terceiro gol na noite. A equipe carioca diminuiu o placar com um gol de Marcelo Cirino na parte final do jogo, mas a reação encerrou por aí.

Agora, as duas equipes voltam a ser enfrentar na próxima quarta-feira, em Cariacica, no Espírito Santo, e o time catarinense pode até perder por diferença de um gol garante a vaga. Já o Flamengo fica com a classificação vencendo por 2 a 0, 3 a 1 ou por diferença de três gols. Vitória rubro-negra pelo mesmo placar do Orlando Scarpelli a decisão será nos pênaltis.

Matérias Relacionadas

Economia

Santa Catarina gera mais de 32 mil empregos, melhor outubro da história

No acumulado do ano, Santa Catarina apresenta o melhor desempenho entre todos os estados, com um saldo de 35.210 carteiras assinadas.
Santa Catarina gera mais de 32 mil empregos, melhor outubro da história
Geral

IBGE: esperança de vida do brasileiro aumentou 31,1 anos desde 1940

A expectativa de vida do homem é de 73,1 anos e a da mulher de 80,1
IBGE: esperança de vida do brasileiro aumentou 31,1 anos desde 1940
Geral

Covid-19: ANTT define novas medidas para o transporte interestadual

Resoluções valem apenas para o transporte rodoviário
Saúde

Hemocentros se unem em campanha no Dia Nacional do Doador de Sangue

Pandemia reduziu doações em 50% em algumas regiões
Hemocentros se unem em campanha no Dia Nacional do Doador de Sangue
Ver mais de Brasil