GNet
Futebol

Corinthians e Fluminense duelam para vencer oscilações com vaga nas quartas

21 Set 2016 - 15h21
O time paulista vive um momento turbulento. A derrota por 2 a 0 para o Palmeiras afastou o time do G-4 do Campeonato Brasileiro e gerou a demissão do técnico Cristóvão Borges. O auxiliar Fábio Carille assume o posto até segunda ordem, sem garantia de que permanece até dezembro. O Fluminense, por sua vez, vem de vitória de 1 a 0 sobre o Grêmio, no Rio Grande do Sul, mas luta pela regularidade, pois segue sem conseguir encostar no G-4.

"Não posso me preocupar com isso (efetivação), tenho que viver o dia a dia. Já estou pensando no Fluminense, se eu começar a pensar nisso, aí eu vou me perder. Tem que viver intensamente cada dia e dar um padrão para esse time. A nossa prioridade é a classificação na Copa do Brasil", disse Carille, que já encarou os cariocas no primeiro turno do Brasileiro, cobrindo o espaço entre Tite e Cristóvão e saindo derrotado por 1 a 0, com gol de Cícero.

Em termos de escalação, o Corinthians tem novidades. O lateral direito Fagner, que cumpriu suspensão no clássico contra o Palmeiras, volta no posto de Léo Príncipe. Na zaga, Yago substitui Vilson, lesionado. Outra mudança será o meia Giovanni Augusto, recuperado de dores musculares na coxa direita. Ele ocupará a vaga de Cristian no meio-campo, com Camacho jogando mais recuado. Na frente, Marquinhos Gabriel assume o posto de Lucca, enquanto Romero entra na vaga de Gustavo, que não pode jogar no torneio.

Do outro lado, Levir Culpi, comandante do Fluminense, também sabe o que representa seguir na Copa do Brasil.

"No Campeonato Brasileiro brigamos pelo G-4, porém, na Copa do Brasil temos condições reais de brigar por um título importante, dependendo apenas das nossas próprias forças. Portanto, essa decisão desta quarta-feira está sendo vivida intensamente por nós", disse Levir.

Agora com 40 pontos e na briga pela Libertadores também no Brasileiro, os atletas tricolores acreditam que uma vaga em São Paulo confirmaria a reação.

"O Fluminense sabe que não vai encontrar facilidades neste jogo contra o Corinthians, que é muito forte jogando em casa. Mas o Grêmio também é forte no Rio Grande do Sul e conseguimos um resultado bem interessante. Podemos projetar a classificação sim", declarou o artilheiro Henrique Dourado.

Para o duelo, Levir tem o retorno do volante Douglas, que cumpriu suspensão contra o Grêmio. O jogador deve fazer dupla com Pierre no setor de marcação do meio-campo e Cícero jogará mais avançado na armação.

 

Com isso, Henrique Dourado será sacado do time. Outra mudança será a volta do lateral esquerdo William Matheus, recuperado de dores na coxa esquerda. Ele ganhará a vaga de Giovanni, que fica como opção no banco.

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS X FLUMINENSE

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 21 de setembro de 2016 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia(Fifa-PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Yago, Balbuena e Guilherme Arana; Camacho, Rodriguinho, Giovanni Augusto, Marlone e Marquinhos Gabriel; Ángel Romero. Técnico: Fábio Carille

FLUMINENSE: Julio Cesar; Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre, Douglas, Cícero e Gustavo Scarpa e Wellington; Marcos Junior. Técnico: Levir Culpi
GNet

Matérias Relacionadas

Saúde

STF suspende julgamento que proíbe demissão de não vacinados

A análise da portaria foi iniciada ontem em plenário virtual
STF suspende julgamento que proíbe demissão de não vacinados
Saúde

Rio Grande do Sul confirma caso de infecção pela variante Ômicron

Mulher voltou de viagem à África do Sul na semana passada
Rio Grande do Sul confirma caso de infecção pela variante Ômicron
Geral

WEG fornece Powertrain para ônibus elétrico da Marcopolo

Fabricação do ônibus Attivi reforça a capacidade da indústria nacional em transformar o Brasil em um player global de veículos de transporte urbano elétricos
WEG fornece Powertrain para ônibus elétrico da Marcopolo
Segurança

Criança pede socorro em prova: 'meu pai bate na minha mãe'

Menina de 13 anos que escreveu o pedido de ajuda está em um abrigo sob responsabilidade do Conselho Tutelar, junto com os três irmãos.
Criança pede socorro em prova: 'meu pai bate na minha mãe'
Ver mais de Brasil