GNet
Câmara

Congresso não termina de votar LDO

24 Ago 2016 - 12h43
Por falta de quórum, o Congresso Nacional, em sessão conjunta entre deputados e senadores, não conseguiu terminar de votar, na madrugada desta quarta-feira (24), a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) de 2017, que prevê déficit primário (despesas maiores que receitas, sem contar os gastos com juros da dívida) de R$ 139 bilhões.

A sessão, que durou quase 15 horas, teve início por volta das 11h30 da manhã e o texto-base foi aprovado por volta de meia-noite. Havia ainda uma série de destaques, propondo a alteração do texto, que precisavam ser apreciados pelos parlamentares.

Ainda não há data marcada para que os parlamentares concluam a análise dos dois destaques ao texto da LDO.

LDO
A LDO traz metas de receitas e gastos e estabelece os parâmetros para a elaboração do Orçamento da União para o ano seguinte.

 

As informações são do G1
GNet

Matérias Relacionadas

Saúde

STF suspende julgamento que proíbe demissão de não vacinados

A análise da portaria foi iniciada ontem em plenário virtual
STF suspende julgamento que proíbe demissão de não vacinados
Saúde

Rio Grande do Sul confirma caso de infecção pela variante Ômicron

Mulher voltou de viagem à África do Sul na semana passada
Rio Grande do Sul confirma caso de infecção pela variante Ômicron
Geral

WEG fornece Powertrain para ônibus elétrico da Marcopolo

Fabricação do ônibus Attivi reforça a capacidade da indústria nacional em transformar o Brasil em um player global de veículos de transporte urbano elétricos
WEG fornece Powertrain para ônibus elétrico da Marcopolo
Segurança

Criança pede socorro em prova: 'meu pai bate na minha mãe'

Menina de 13 anos que escreveu o pedido de ajuda está em um abrigo sob responsabilidade do Conselho Tutelar, junto com os três irmãos.
Criança pede socorro em prova: 'meu pai bate na minha mãe'
Ver mais de Brasil