105 Ouça
Congresso

Congresso autoriza país a quitar dívida de R$ 3 bi com órgãos internacionais

19 Out 2016 - 10h19
O Congresso Nacional aprovou na noite desta terça-feira (18), em sessão conjunta formada por deputados e senadores, projeto que libera R$ 3 bilhões, a título de crédito extraordinário, para o governo brasileiro quitar dívidas pendentes com organismos internacionais. O texto segue para sanção presidencial.

Entre essas entidades que receberão os recursos, estão os fundos das Nações Unidas para a alimentação (FAO) e para a educação (Unesco).

Conforme o texto aprovado nesta terça pelo Congresso, será repassado R$ 1,7 bilhão a órgãos e fundos internacionais como a FAO e a Unesco, ligados à Organização das Unidas (ONU). Também serão destinados recursos para o Protocolo de Kioto e para o Parlamento do Mercosul.

Além disso, será destinado R$ 1,1 bilhão ao pagamento de cotas de capital em organismos financeiros internacionais.

 

G1
GNet

Matérias Relacionadas

Segurança

Família do Mato Grosso do Sul procura por homem desaparecido em Jaraguá

Segundo a sobrinha, o homem possui problemas de memória o que dificulta ser encontrado.
Família do Mato Grosso do Sul procura por homem desaparecido em Jaraguá
Economia

Rede Cooper é a cooperativa de alimentos mais lembrada pelos catarinenses

Resultado faz parte do prêmio Top Of Mind 2021
Rede Cooper é a cooperativa de alimentos mais lembrada pelos catarinenses
Geral

WEG desenvolve linha de revestimentos nanoestruturados em parceria com as Empresas Randon

Mais sustentável, mais resistente à corrosão e com melhor performance de brilho e cor, a linha New Tech chega ao mercado isenta de solventes, a base d'água e de nanopartículas.
WEG desenvolve linha de revestimentos nanoestruturados em parceria com as Empresas Randon
Política

Ministro Tarcisio diz que obras em SC têm recursos suficientes

Ministro se pronunciou sobre o corte de quase R$ 40 milhões destinados para obras nas rodovias federais catarinenses
Ministro Tarcisio diz que obras em SC têm recursos suficientes
Ver mais de Brasil