Trânsito

Confira os novos valores das multas a partir do dia 1º de novembro

27 Out 2016 - 10h39
O Detran publicou as alterações no Código de Trânsito Brasileiro, a entrarem em vigor a partir do próximo dia 1 de novembro. A Lei 13.281/16 alterou vários artigos do CTB que, afetam diretamente o motorista infrator.

As mudanças deixam mais elevados os valores das multas em seus variados níveis de classificação.

 



A penalidade de suspensão do direito de dirigir é imposta sempre que o infrator, no período de doze meses, atinge 20 pontos na CNH ou por transgressão às normas cujas infrações preveem a penalidade de suspensão direta do direito de dirigir, como é o caso de dirigir sob efeito de álcool, disputar racha, forçar passagem entre veículos que estejam ultrapassando, entre outras.

O motorista também deve ficar atento às infrações de trânsito consideradas mais comuns, mas que, a partir da semana que vem, vão pesar mais no bolso.



 

Embriaguez terá valor reajustado em R$ 1 mil

Uma das infrações que terá um peso maior no bolso do motorista é por dirigir embriagado. De acordo com os boletins de ocorrências do 14º Batalhão de Polícia Militar, divulgados para a imprensa, somente no mês de outubro mais de 20 motoristas foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool. Alguns flagrantes ocorreram após acidentes de trânsito.

Até então, a infração por embriaguez (Lei Seca) gerava normalmente uma multa gravíssima acrescida dez vez o valor, totalizando R$ 1.915,40. A partir do dia 1 de novembro, quem for flagrado embriagado pagará R$ 2.934,70 pela infração.

 

 

 

 

 

 

 

 

As multas podem ser Multiplicadas por até dez vezes dependendo da gravidade da infração.



Usar celular é infração gravíssima

Uma das infrações mais cometidas pelos brasileiros será agravada. Segurar ou manusear o celular passa a ser considerada infração gravíssima.

A distração com o celular aumenta em 400% o risco de acidentes segundo estudo recente do Departamento de Trânsito dos Estados Unidos. Neste caso, a multa por manusear ou falar passa de R$ 85,13 para R$ 293,47.

 

Recusa ao bafômetro

Motoristas que se recusarem a se submeter a teste do bafômetro, exame clínico, perícia ou outro procedimento que permita certificar a influência de álcool ou outra substância, será aplicada a multa de dez vezes o valor base e, em caso de reincidência no período de doze meses, a penalidade será aplicada em dobro.

Estacionamento especial

A partir de novembro desrespeitar as vagas exclusivas de estacionamento para pessoas com deficiência ou idosos será uma infração gravíssima e não mais grave como é atualmente. Com os valores já reajustados, a multa será de R$ 293,47.

Mudam as regras para os limites de velocidade

Em vias não sinalizadas, há novos valores para os limites de velocidade.



 

Matérias Relacionadas

Economia

Entrega do Imposto de Renda com atraso tem multa a partir de hoje

Receita Federal recebeu 31.980.151 declarações
Entrega do Imposto de Renda com atraso tem multa a partir de hoje
Educação

Inscritos no Enem querem prova em maio de 2021

Inep fez enquete para escolha de data de aplicação da prova
Inscritos no Enem querem prova em maio de 2021
Política

Câmara pode votar hoje proposta que adia eleições deste ano

PEC foi aprovada na semana passada no Senado
Câmara pode votar hoje proposta que adia eleições deste ano
Geral

Senado aprova projeto de combate a notícias falsas

O texto segue para a Câmara dos Deputados.
Ver mais de Brasil