caragua
caragua mobile
Fiesc

Confiança do industrial de SC tem o melhor resultado desde 2013

21 Set 2016 - 12h59
A confiança do industrial catarinense registrou novo aumento em setembro. O índice atingiu 55,6 pontos e cresceu 4,5 pontos em relação ao mês anterior. Este é o melhor resultado desde março de 2013. O indicador de setembro também é superior à média histórica, iniciada em julho de 1999 (53,3 pontos). A pesquisa Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) foi realizada pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) em conjunto com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), com 199 indústrias.

O cálculo do índice é feito por meio da opinião dos industriais sobre as condições econômicas atuais e as expectativas para os próximos meses. O índice varia no intervalo de 0 a 100. Acima de 50 pontos indica confiança e abaixo, falta de confiança na economia.

Para o presidente da FIESC, Glauco José Côrte, o novo crescimento do índice de confiança é uma ótima notícia, pois revela a existência de um ambiente mais favorável para a retomada da economia e, num segundo momento, dos investimentos. A volta da confiança é pré-condição para inversão da  tendência atual da economia, mas é importante observar que o dado está positivo (acima de 50 pontos) apenas no plano da expectativa para os próximos meses, alerta. “A avaliação dos industriais sobre as atuais condições da economia ainda não é favorável. Isso é confirmado pelos indicadores como produção e vendas, que seguem no vermelho”, diz.

O levantamento informa que as condições atuais da economia caminham para recuperação, mas ainda estão abaixo da linha divisória entre o otimismo e o pessimismo (46,6 pontos). As expectativas estão positivas pelo terceiro mês consecutivo e, neste mês, atingiram 60,1 pontos.

A confiança é maior entre os industriais do setor de transformação do que entre os da construção civil. O primeiro passou de 51,7 pontos em agosto para 56,7 pontos em setembro. O segundo ficou praticamente estável, passando de 48 pontos em agosto para 48,6 em setembro, abaixo, portanto, da linha divisória dos 50 pontos.

Resultado nacional: Os empresários brasileiros estão mais otimistas em relação ao desempenho da economia e das empresas nos próximos seis meses. O ICEI alcançou 53,7 pontos em setembro, um pouco abaixo do resultado registrado em Santa Catarina (55,6 pontos). Foi o quinto mês consecutivo de crescimento do indicador, que está 18 pontos acima do de setembro do ano passado, mostra pesquisa da CNI. Com o crescimento de 2,2 pontos em relação a agosto, o ICEI de setembro é o maior desde janeiro de 2014 e está muito próximo da média histórica, que é de 54,2 pontos. A confiança é maior nas empresas de grande porte, segmento em que o ICEI está em 55,7 pontos. Nas médias empresas, o indicador ficou em 52,9 pontos e, nas pequenas, em 50,5 pontos.

 

As informações são do

FIESC SC
caragua mobile

Matérias Relacionadas

Economia

Brasil suspende exportações de carne e produtos de aves

Medida preventiva tomada após confirmação de foco de doença no RS
Brasil suspende exportações de carne e produtos de aves
Geral

Uso de cigarros eletrônicos em escolas é tema de reunião promovida pelo MPSC em Joinville

Dados da última Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar revelam que, em 2019, 16,8% dos estudantes no Brasil com idade entre 13 e 17 anos já haviam experimentado o cigarro eletrônico
Uso de cigarros eletrônicos em escolas é tema de reunião promovida pelo MPSC em Joinville
Segurança

Homem é condenado a 76 anos de prisão por abusar das três sobrinhas e maltratar cachorro

Em um vídeo o homem foi flagrado cometendo atos de zoofilia com um cachorro
Homem é condenado a 76 anos de prisão por abusar das três sobrinhas e maltratar cachorro
Geral

Rede Cooper adquire Supermercado Rodrigues em Joinville

Investimento integra o plano de expansão da cooperativa, que passa a ter 21 lojas em Santa Catarina
Rede Cooper adquire Supermercado Rodrigues em Joinville
Ver mais de Brasil