Futsal

Concórdia enfrenta Joinville nesta terça pelo Catarinense de futsal

19 Jul 2016 - 15h02
Líder da competição com da competição com 21 pontos, a ACF entrará em quadra em busca dos 3 pontos para continuar na liderança pelas próximas rodadas, e espera um bom publico para prestigiar a equipe que vem uma crescente tanto no Catarinense como também na liga nacional de futsal, demonstrando um bom futsal e conquistando pontos importantes. A partida desta terça-feira será válida pela 10ª rodada do Catarinense, e faltará somente uma partida para finalizar o turno, esta última será disputada em Seara às 18h da próxima quarta-feira (27) contra a equipe de Chapecó que decidiu em disputar a partida como preliminar do amistoso entre Brasil e Argentina que ocorrerá logo após o término desta partida do catarinense.

 

Para o confronto contra a equipe de Joinville o técnico Morruga não poderá contar com Pesk, que continua cumprindo suspensão, porém terá todos os demais atletas aptos para auxiliar a ACF na busca de mais uma vitória.

 

Fonte: ACF Concórdia Futsal

Matérias Relacionadas

Geral

Grupo Malwee é reconhecido como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil

O Grupo Malwee, uma das maiores empresas de moda do país, foi reconhecido pela segunda vez, como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil pelo Guia Exame de Sustentabilidade 2019.
Grupo Malwee é reconhecido como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil
Educação

MEC levará internet a 24,5 mil escolas públicas

De acordo com a pasta, isso significa que 56% das escolas públicas passarão a estar conectadas no país. A medida deverá beneficiar 11,6 milhões de estudantes
MEC levará internet a 24,5 mil escolas públicas
Saúde

Casos de morte por dengue aumentam 5 vezes em relação ao ano passado

Em todo o país, 689 pessoas morreram de dengue até 12 de outubro
Casos de morte por dengue aumentam 5 vezes em relação ao ano passado
Geral

Proteção de dados deve ser regulada globalmente, diz historiador

Israelense Yuval Noah Harari esteve em evento de inovação em Brasília
Proteção de dados deve ser regulada globalmente, diz historiador
Ver mais de Brasil