105 Ouça
Futebol

Com gol de pênalti no final, Vila Nova vence o Joinville e respira na tabela

03 Ago 2016 - 15h08
A vitória fez com que o Vila Nova respirasse na tabela de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro. O time chegou a 25 pontos e pulou provisoriamente para décima posição. O Joinville, por sua vez, perdeu pela segunda rodada consecutiva e segue amargando a zona de rebaixamento, com 17 pontos.

As duas equipes voltam a campo no dia 19 de agosto. O Vila Nova visita o Bragantino, às 20h30 (de Brasília), no Abi Nabi Chedid. Já o Joinville recebe o Luverdense, na Arena Joinville, no mesmo horário.

O jogo

O Vila Nova começou muito bem a partida, abrindo o placar logo no primeiro minuto de bola rolando. Joãozinho fez jogada pela esquerda, tabelou com Moisés e bateu de primeira pelo alto, sem chances para o goleiro Aranha.

Apesar de ter sofrido um gol precocemente, o Joinville não se abalou e manteve a concentração. Do outro lado, o Vila Nova seguia buscando o ataque mesmo com a vantagem, e o jogo era movimentado. Aos 14 minutos, o Joinville chegou ao empate. Danrlei avançou pela direita e, em um chute despretensioso para a área, encobriu Saulo.

O Vila Nova teve grande chance de voltar a liderar o placar na marca de 21 minutos, quando Moisés saiu cara a cara com Aranha em contra-ataque rápido, mas finalizou em cima do goleiro. O Joinville respondeu aos 28, em falta rasteira cobrada por Jael e defendida por Saulo.

O segundo tempo já começou com uma finalização do Vila Nova. Bruno Oliveira arriscou de longe, mas Aranha defendeu. Com mais posse de bola, o time goiano tentava propor o jogo, porém esbarrava na marcação do Joinville. Aos 12 minutos, Thomás recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando o Joinville com um jogador a menos em campo.

O Vila Nova ensaiou uma pressão para aproveitar a vantagem numérica, mas esbarrou na forte marcação do Joinville armada pelo técnico Lisca. Os donos da casa apostaram muito nas bolas aéreas, porém a estratégia não funcionou e o empate perdurou até quase o final. Aos 40, entretanto, o árbitro marcou pênalti após a bola bater no braço de Ligger e Moisés converteu.

FICHA TÉCNICA:
VILA NOVA 2 X 1 JOINVILLE


Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO)
Data: 2 de agosto de 2016, terça-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: Luis Filipe Gonçalves Correa e Oberto Santos da Silva (ambos da PB)
Cartões amarelos: Thomás e Fernandinho (Joinville)
Cartão vermelho: Thomás (Joinville)
GOLS:
VILA NOVA: Joãozinho, a 1 minuto do primeiro tempo, e Moisés, aos 43 minutos do segundo tempo
JOINVILLE: Danrlei, aos 14 minutos do primeiro tempo

VILA NOVA: Saulo; Bruno Oliveira, Reniê, Guilherme Teixeira e Marcelo Cordeiro; Caíque (Robston), Reginaldo (Frontini) e Jean Carlos; Fabinho (Fernando Neto), Joãozinho e Moisés. Técnico: Guilherme Alves

JOINVILLE: Aranha; Reginaldo, Danrlei, Fabiano Eller e Fernandinho (Murilo); Kadu, Naldo, Everton Silva (Tinga), Bruno Ribeiro (Ligger) e Thomás; Jael. Técnico: Lisca

Fonte: ESPN.
GNet

Matérias Relacionadas

Esportes

Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores da América

Deyverson saiu do banco de reserva e definiu título na prorrogação.
Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores da América
Saúde

Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério

Variante B1.1.529 foi batizada de Omicron
Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério
Esportes

Flamengo e Palmeiras buscam a glória eterna da Libertadores

O jogo coloca frente a frente os dois últimos vencedores da competição (o Rubro-Negro da edição 2019 e o Verdão da edição 2020)
Flamengo e Palmeiras buscam a glória eterna da Libertadores
Saúde

Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países

Variante Ômicron preocupa autoridades sanitárias
Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países
Ver mais de Brasil