Caraguá
Trânsito

Cinco pessoas morrem por dia nas estradas e vias urbanas do Estado

16 Nov 2016 - 10h22
O trânsito catarinense matou cinco pessoas por dia, em média, nos primeiros oito meses de 2016. O dado faz parte de um levantamento feito pelo Instituto Geral de Perícias (IGP) a pedido do Diário Catarinense. No período, foram realizadas 1.193 autópsias de pessoas que perderam a vida em função de lesões decorrentes de acidentes, incluindo motoristas, pedestres e ciclistas.

Ainda de acordo com o IGP, não foi possível fazer uma comparação com o mesmo período de 2015, já que o sistema do órgão passou por um processo de automatização apenas nesse ano. Com isso, a apuração de 2015 demoraria a ser feita, pois teria de ocorrer de forma manual.

Para o diretor do Instituto Médico Legal (IML), Rodinei Tenório, as mortes no trânsito são uma epidemia não apenas em Santa Catarina, mas em todo país. Ele acredita ser necessária a criação de uma forte campanha de conscientização dos motoristas, em especial sobre os perigos da direção sob o efeito de álcool e drogas.

 

Diário Catarinense

Matérias Relacionadas

Saúde

Conselhos de secretários de Saúde defendem vacinação de adolescentes

Sociedade Brasileira de Imunizações também defende vacinação
Conselhos de secretários de Saúde defendem vacinação de adolescentes
Economia

Caixa reduz juros do crédito habitacional na modalidade poupança

Banco reduziu parte fixa da parcela de 3,35% para 2,95% ao ano
Caixa reduz juros do crédito habitacional na modalidade poupança
Saúde

Anvisa não recomenda mudar orientação sobre vacinação de adolescentes

Ministério da Saúde suspendeu orientação para a vacinação
Anvisa não recomenda mudar orientação sobre vacinação de adolescentes
Saúde

Covid-19: ministro destaca eventos adversos em adolescentes vacinados

Queiroga explica revisão de recomendação sobre vacinas de covid-19
Covid-19: ministro destaca eventos adversos em adolescentes vacinados
Ver mais de Brasil