transito
Brasil

Cheio de garotos, Corinthians fica no 0 a 0 com o América-MG em Belo Horizonte

30 Set 2018 - 00h36
Sem Danilo Avelar, Douglas e Jadson, poupados por opção de Jair Ventura, e os lesionados Fagner, Renê Júnior e Jonathas à disposição, o Corinthians foi a campo neste sábado à noite com um time cheio de garotos, no estádio Independência, em Belo Horizonte, e ficou no empate sem gols com o América-MG.

O placar de 0 a 0 fez o time corintiano chegar aos 35 pontos na oitava colocação do Campeonato Brasileiro e permanece longe do grupo dos seis primeiros, fechado hoje pelo Atlético-MG, com 42 pontos. Já a equipe mineira segue na segunda metade da tabela, com 32 pontos, no 12º lugar.

Com seis atletas escalados com idade entre 19 e 21 anos, a equipe alvinegra tinha leveza para chegar ao ataque. Novidade na ala esquerda, Carlos Augusto deu ótimo passe para Mateus Vital tentar abrir o placar aos 12 minutos, mas o meia parou em boa defesa de João Ricardo.

O xodó Pedrinho, agora com chance de começar como titular após ter sido herói da classificação à final da Copa do Brasil ao entrar no decorrer da partida contra o Flamengo, na última quarta-feira, também fez o goleiro do América-MG trabalhar em chute forte aos 31 minutos.

Mas o que parecia se desenhar como uma noite com gols corintianos caiu por terra pelas limitações de um time desentrosado e que tinha apenas Romero como atacante de ofício. Assim, muitas vezes se tornava previsível para os defensores adversários.

O time mineiro nada criava e voltou para a etapa final com as entradas de Juninho e Matheusinho no meio-campo. Entretanto, mesmo com espaço para jogar - o Corinthians fez sua primeira falta no jogo aos 26 minutos da etapa final -, pouco atacou e só viu esperança de gol em um lance no qual pediu pênalti após a bola tocar no braço de Ralf. O toque, porém, foi involuntário e o juiz não marcou a infração.

Clayson e Romero ainda deram lugares para o estreante Sergio Díaz e Roger. O paraguaio levou perigo em chute de longe, enquanto o centroavante pouco fez. No fim, o time reclamou de pênalti de Gerson Magrão em Gabriel, calçado dentro da área, mas o árbitro também não assinalou a penalidade.

Após o duelo deste sábado, o Corinthians voltará a campo pelo Brasileirão na próxima sexta-feira, às 21 horas, contra o Flamengo, em sua arena. Já o América-MG terá pela frente o Atlético-PR no sábado, às 16 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 0 X 0 CORINTHIANS

AMÉRICA-MG - João Ricardo; Aderlan, Matheus Ferraz, Messias e Gerson Magrão; Leandro Donizete, David (Juninho), e Ruy; Luan, Wesley Pacheco (Matheusinho) e Robinho (Zé Ricardo). Técnico: Adilson Batista.

CORINTHIANS - Cássio; Gabriel, Léo Santos, Henrique e Carlos Augusto; Ralf, Araos (Thiaguinho), Mateus Vital, Clayson (Sergio Díaz) e Pedrinho; Romero (Roger). Técnico: Jair Ventura.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (RJ).

CARTÃO AMARELO - Clayson (Corinthians).

PÚBLICO - 8.012 pagantes.

RENDA - R$ 99.755,00.

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).

Matérias Relacionadas

Saúde

Coqueluche volta a preocupar o mundo

Número de casos aumenta no Brasil e em 17 países europeus
Coqueluche volta a preocupar o mundo
Geral

Orquestra Filarmônica SCAR apresenta concerto "Retratos" com participação de Cármelo de los Santos

O concerto acontece neste sábado (22), às 20 horas, no Grande Teatro da SCAR. Os ingressos são gratuitos e podem ser adquiridos no site da TicketCenter ou na bilheteria do Centro Cultural
Orquestra Filarmônica SCAR apresenta concerto "Retratos" com participação de Cármelo de los Santos
Economia

Copom decide nesta quarta se corta ou mantém juros básicos da economia

Taxa Selic, em 10,5% ao ano, pode ser mantida ou cair 0,25 ponto
Copom decide nesta quarta se corta ou mantém juros básicos da economia
Segurança

Mais de 20 cidades Catarinenses são alvos de operação de combate à corrupção e fraudes

A operação "Fundraising" cumpre 11 mandados de prisão preventiva, cinco de suspensão do exercício das funções públicas e 63 de busca e apreensão.
Mais de 20 cidades Catarinenses são alvos de operação de combate à corrupção e fraudes
Ver mais de Brasil