Séculus
Chapecoense

Chapecoense tenta aproveitar embalo em duelo inédito com o River Plate

21 Out 2015 - 14h45
A partida, marcada para as 22 horas (de Brasília), no Monumental de Núñez, será a primeira contra o River Plate na história da equipe catarinense, e a segunda de dimensão internacional. Na primeira experiência, contra o Libertad, a equipe conseguiu segurar um empate em 1 a 1 em Assunção para classificar nos pênaltis na Arena Condá.

No embarque a Buenos Aires, na noite da última segunda, dois jogadores se uniram ao elenco que venceu o Grêmio no fim de semana. Após um trabalho com bola durante a reapresentação, que aconteceu também na capital gaúcha, o goleiro Danilo e o zagueiro Neto, suspensos do jogo em Porto Alegre, embarcaram rumo à Argentina para o confronto contra o River.

O zagueiro William Thiego e o volante Wanderson, suspensos, além do goleiro Sílvio, machucado, foram obrigados a voltarem a Chapecó (SC) para acompanharem o time à distância. Assim, Guto Ferreira tem como opções para a zaga o experiente Vilson, além do próprio Neto; Cléber Santana no meio e Túlio de Melo no ataque. Além destas opções, outro nome que despertou atenção da imprensa argentina foi Apodi, lateral destacado por sua velocidade.

Depois de uma ascensão meteórica em âmbito nacional, quando a Chapecoense saiu da quarta divisão rumo à elite graças às classificações consecutivas, o time catarinense agora testa seu potencial no cenário continental. Entretanto, apesar do calendário apertado com a reta final do Argentino e o Mundial de Clubes, o River Plate não admite abrir mão de defender o título da Sul-Americana.

Com a função de remontar o elenco após as saídas de jogadores importantes, como o zagueiro Funes Mori e os atacantes Cavenaghi e Teo Gutiérrez, Marcelo Gallardo não soma bom retrospecto, ao menos, no período recente. Nos últimos seis jogos, o River Plate conquistou apenas uma vitória, justamente pela Sul-Americana, contra a LDU. De resto, foram três empates e duas derrotas.

Já com o Mundial de Clubes no radar, Gallardo aposta em figuras como o experiente Lucho González e o promissor Lucas Alario, jovem que substituiu Teo Gutiérrez na reta final da Libertadores, inclusive, marcando gol na final, para defender o título do segundo maior torneio do continente. Rodrigo Mora, Tabaré Viudez e Javier Saviola também são opções para o setor ofensivo.

"Estou tratando de revezar e procuro aproveitar esse jogos para ter experiências. A Chapecoense é um time que evoluiu, tem jogadores velozes pelas pontas e uma referência no ataque. Temos que ter cuidado. Vamos ter que vencer o jogo aqui para defender um resultado positivo no Brasil com maior tranquilidade", declarou o treinador do River Plate, responsável por encerrar um jejum de títulos que já durava 18 anos ao conquistar a Sul-Americana no último ano.

FICHA TÉCNICA:
RIVER PLATE-ARG x CHAPECOENSE


Local: estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires (Argentina)
Data: 21 de outubro de 2015, quarta-feira
Hora: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Jonhatan Fuentes (Uruguai)
Assistentes: Maurício Espinosa e Richard Trindad (ambos do Uruguai)

RIVER PLATE: Barovero; Mayada, Maidana, Balanta e Ponzio; Kranevitter, Pisculichi, Sánchez e Driussi; Tabaré Viudez e Rodrigo Mora. Técnico: Marcelo Gallardo

CHAPECOENSE: Danilo; Apodi, Neto, Vilson e Dener; Elicarlos, Gil e Cléber Santana; William Barbio, Tiago Luís e Túlio de Melo. Técnico: Guto Ferreira

Fonte: ESPN
GNet

Matérias Relacionadas

Política

CPI conclui depoimentos e marca para hoje leitura de relatório

Previsão é que o texto seja votado na próxima terça-feira
CPI conclui depoimentos e marca para hoje leitura de relatório
Economia

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 21 milhões

Próximo sorteio será na quinta-feira
Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 21 milhões
Esportes

CBF libera a presença da torcida visitante em jogos

Comprovante de vacinação e teste são exigências
CBF libera a presença da torcida visitante em jogos
Economia

Dólar aproxima-se de R$ 5,60 com possível criação de Auxílio Brasil

Bolsa caiu 3,28% e fechou no menor nível em 12 dias
Ver mais de Brasil