Caraguá
Basquete

Brasil sofre no início, mas reage e vence a China em último teste antes da Olimpíada

03 Ago 2016 - 15h07
Ao contrário do que aconteceu na quinta-feira, quando os dois países se enfrentaram, o time comandado por Rubén Magnano não teve vida fácil. Ficou boa parte do tempo atrás do marcador, mas reagiu no segundo tempo e ganhou por 83 a 69 nesta terça, em amistoso novamente realizado em Mogi das Cruzes (SP).

Dois alas-armadores foram os principais destaques da vitória brasileira. Vitor Benite saiu do banco de reservas para contribuir com 13 pontos e três rebotes, ao passo que Leandrinho teve dez pontos e seis rebotes. Chamado para o lugar do lesionado Anderson Varejão, o pivô Cristiano Felício foi usado no quinteto titular e entregou dez pontos e três rebotes. Além deles, quem também chamou a atenção foi o armador Marcelinho Huertas, que fez só dois pontos, mas que distribuiu dez assistências. Já o pivô Nenê foi poupado.

A China teve os dois cestinhas do confronto. O ala-pivô Yi Jianlian marcou 21 pontos e ainda apanhou seis rebotes. Já o ala Zhai Xiaochuan registrou 18 pontos e três rebotes.

Aproveitando-se dos erros do Brasil, os chineses chegaram a abrir 12 pontos de vantagem durante o segundo quarto, depois que Li Gen fez uma bola de três que deixou o placar em 37 a 25. O time de Magnano reagiu, anotou nove dos últimos dez pontos do período e foi para o intervalo perdendo por apenas três: 42 a 39.

Esse bom momento teve sequência na volta dos vestiários. Com uma defesa dominante, a seleção limitou o oponente a apenas dez pontos ao longo de todo o terceiro quarto, assumiu o controle do placar e não foi mais ameaçado até o fim.




O próximo desafio da equipe brasileira será contra a Lituânia, já pela rodada de estreia da primeira fase do torneio olímpico. As duas seleções estão no Grupo B, que conta ainda com Argentina, Croácia, Espanha e Nigéria.

Já a China faz parte do Grupo A e terá como oponentes na primeira fase Estados Unidos, Sérvia, França, Venezuela e Austrália.










Matérias Relacionadas

Economia

WEG inaugura quinta fábrica de transformadores na América do Norte

Localizada na cidade de Washington a nova fábrica recebeu investimentos de 17 milhões de dólares e será dedicada à produção de transformadores de potência até 10 MV
WEG inaugura quinta fábrica de transformadores na América do Norte
Política

Senado aprova PEC da reforma eleitoral

Texto segue para promulgação
Senado aprova PEC da reforma eleitoral
Saúde

Anvisa recomenda quarentena ao presidente e comitiva brasileira

Ministro Queiroga testou positivo para covid-19 em viagem a Nova York
Economia

Dólar fecha acima de R$ 5,30 após anúncio do Banco Central americano

Bolsa subiu 1,84%, fechando em alta pelo segundo dia seguido
Ver mais de Brasil