Covid - 19
Futebol

Brasil-RS arrasa o Avaí em 19 minutos e fica perto do G-4

03 Ago 2016 - 15h04
Como a Série B para nos Jogos Olímpicos, o Brasil de Pelotas jogará só no dia 19 de agosto, no Durival de Britto, contra o Paraná. O Avaí volta a atuar no sábado, 20 de agosto, quando enfrentará o Bahia na Ressacada.

O jogo

O Brasil de Pelotas enfrentava uma equipe frequente na Série A, com 16 títulos catarinenses, mas não sentiu o peso da camisa alviazul. Com uma defesa bem postada e apostando em jogadas de velocidade, no primeiro minuto Diogo Oliveira cruzou na cabeça de Elias, que mandou para fora.

Aos 4 minutos, Marlon cobrou escanteio na cabeça de Leandro Camilo, que fuzilou Renan: 1 a 0. Um minuto depois, William foi lançado, ganhou da zaga e chutou, mas Martini defendeu. O Avaí adiantou a defesa e passou a trocar passes no campo ofensivo, mas sem sucesso. Aos 15 minutos, Diogo Oliveira lançou Ramón, que driblou André Santos e finalizou com a perna esquerda: 2 a 0.

Aos 19 minutos, em nova cobrança de escanteio, Marlon chutou rasteiro, a bola picou na área e Leandro Camilo chutou para dentro da rede: 3 a 0. Passaram menos de 20 minutos da partida e o Brasil já havia liquidado o duelo.

Aos 28 minutos, o Avaí teve uma boa chance: Rafinha tentou driblar Washington, caiu e o árbitro viu pênalti. William bateu forte, no canto esquerdo, e Eduardo Martini fez uma grande defesa em dois tempos, impedindo o gol.

O Avaí ainda teve uma grande chance aos 43 minutos, quando a zaga do Brasil de Pelotas se atrapalhou e Rômulo chutou por cima do gol. No segundo tempo, o Brasil teve uma boa chance com cabeçada de Felipe Garcia logo a 1 minuto de jogo, por cima do gol. O Avaí tentava atacar, mas tropeçava na sua própria desorganização e não conseguia criar chances de gol. Aos 8 minutos, William e Diego Jardel se atrapalharam e não conseguiram finalizar um cruzamento.

Romarinho e Tatá entraram nos lugares de Rafinha e William no Avaí, para tentar maior qualidade no ataque. Entretanto, quem criava chances era o Brasil: aos 23, Elias fez boa jogada e chutou para fora. Na sequência, o Brasil quase conseguiu novamente o gol com tabela entre Felipe Garcia e Weldinho, que terminou com finalização de Ramón para fora.

O Avaí tinha muitas dificuldades em chegar. Aos 35 minutos, Tatá chutou para longe do gol após ajeitar de fora da área. Aos 43, ele tentou novamente, mas a bola saiu ainda mais desviada. Depois, Marlon cobrou uma falta frontal para o Brasil de Pelotas, mas a bola foi para fora.

FICHA TÉCNICA:
BRASIL DE PELOTAS 3 X 0 AVAÍ


Data: terça-feira, 2 de agosto de 2016
Horário: 19h30 (de Brasília)
Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)
Amarelos: Marlon (Brasil de Pelotas), Gabriel, Judson e Capa (Avaí)
Gols: Leandro Camilo (Brasil), aos 4 e aos 19 minutos do 1º tempo, Ramón (Brasil) aos 15 minutos do 1º tempo.

BRASIL DE PELOTAS: Eduardo Martini; Weldinho, Leandro Camilo, Teco e Marlon; Leandro Leite, Washington, Diogo Oliveira (Clébson), Felipe Garcia e Elias (Nathan); Ramón. Técnico: Rogério Zimmermann

AVAÍ: Renan; Fagner Alemão, André Santos, Gabriel e Capa; Judson, Rafinha (Romarinho), Jajá e Diego Jardel (Menezes); William (Tatá) e Rômulo. Técnico: Paulo Silas

Fonte: ESPN

Matérias Relacionadas

Geral

Reabertura das agências do INSS é adiada para dia 3 de agosto

Medida foi publicada hoje no Diário Oficial da União
Reabertura das agências do INSS é adiada para dia 3 de agosto
Política

Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para covid-19

Resultado do exame realizado ontem saiu nesta terça-feira
Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para covid-19
Economia

Nascidos em fevereiro podem sacar auxílio emergencial do 3º lote

Recursos são transferidos automaticamente para as contas indicadas
Nascidos em fevereiro podem sacar auxílio emergencial do 3º lote
Futebol

Fluminense será o mandante da partida final da Taça Rio

Campeão estadual pode ser conhecido nesta quarta feira, 8
Fluminense será o mandante da partida final da Taça Rio
Ver mais de Brasil