Imobiliária Coralli
Prazo

Banco Central quer reduzir preço do crédito e diferenciar valores pagos à vista e a prazo

21 Dez 2016 - 11h56
Uma das medidas para reduzir o custo do crédito, segundo Goldfajn, é unificar alíquotas e prazos para reduzir custos das operações de crédito.

Outra ação é obrigar que as máquinas de pagamento das lojas tenham todas as bandeiras de cartão, impedido a exclusividade. O presidente do Banco Central também disse que será permitida a diferenciação de preços para pagamentos à vista ou a prazo.

Goldfajn disse ainda que o governo pretende no futuro discutir o prazo para que as empresas de cartão de crédito paguem o valor das compras aos lojistas. Golfajn afirmou que os bancos públicos não voltarão a ser usados para forçar a redução das taxas de juros.

O Banco Central ainda estuda uma proposta de lei para estabelecer a autonomia operacional, administrativa e orçamentária da instituição, além de medidas de educação financeira e mudanças na legislação do sistema financeiro.

 

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Economia

Pix poderá ser usado para recolhimento do FGTS

A nova possibilidade poderá ser usada em 2021
Pix poderá ser usado para recolhimento do FGTS
Economia

Confiança do Consumidor tem primeira queda desde maio

Pesquisa foi feita pela Fundação Getulio Vargas
Confiança do Consumidor tem primeira queda desde maio
Educação

Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior

Em 2018, as matrículas dos calouros representavam 39,8% do total
Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior
Esportes

Jaraguá e Tubarão empatam no clássico catarinense

Empate mantém a equipe do Tubarão na liderança do Grupo C, enquanto o Jaraguá sobe para o quinto lugar.
Jaraguá e Tubarão empatam no clássico catarinense
Ver mais de Brasil