Unimed - Capa
Inflação

Arroz e feijão ajudam no avanço da inflação

08 Jul 2016 - 12h24
A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) acelerou na primeira semana de julho, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV). A taxa ficou em 0,44%, 0,18 ponto percentual acima da taxa registrada na semana terminada em 29 de junho.

Quatro das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram acréscimo nas taxas de variação. A maior contribuição partiu do grupo alimentação (0,07% para 0,82%), com destaque para o arroz e o feijão, cuja taxa passou de 14,64% para 21,81%.

Também registraram acréscimo em suas taxas de variação os grupos educação, leitura e recreação (0,26% para 0,72%), transportes (-0,22% para -0,13%) e despesas diversas (0,41% para 0,5%).

Em contrapartida, apresentaram decréscimo nas taxas de variação os grupos
habitação (0,63% para 0,44%), vestuário (0,37% para 0,1%), saúde e cuidados pessoais (0,54% para 0,51%) e comunicação (0,11% para 0,1%).

Veja a variação de preços de alguns itens:
Arroz e feijão (14,64% para 21,81%)
Passagem aérea (6,55% para 21,38%)
Gasolina (-1,59% para -1,52%)
Bilhete lotérico (3,95% para 8,62%)
Tarifa de eletricidade residencial (0,44% para 0,07%)
Roupas (0,15% para -0,3%)
Medicamentos em geral (0,11% para 0,06%)
Tarifa de telefone residencial (0,12% para 0,02%)

 

 

G1 Brasília

Matérias Relacionadas

Economia

Santa Catarina gera mais de 32 mil empregos, melhor outubro da história

No acumulado do ano, Santa Catarina apresenta o melhor desempenho entre todos os estados, com um saldo de 35.210 carteiras assinadas.
Santa Catarina gera mais de 32 mil empregos, melhor outubro da história
Geral

IBGE: esperança de vida do brasileiro aumentou 31,1 anos desde 1940

A expectativa de vida do homem é de 73,1 anos e a da mulher de 80,1
IBGE: esperança de vida do brasileiro aumentou 31,1 anos desde 1940
Geral

Covid-19: ANTT define novas medidas para o transporte interestadual

Resoluções valem apenas para o transporte rodoviário
Saúde

Hemocentros se unem em campanha no Dia Nacional do Doador de Sangue

Pandemia reduziu doações em 50% em algumas regiões
Hemocentros se unem em campanha no Dia Nacional do Doador de Sangue
Ver mais de Brasil