Covid - 19
INSS

Aposentadorias por invalidez serão revistas, avisa o governo

08 Jul 2016 - 12h40
Para tentar estancar o déficit do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), sistema público de previdência que atende aos trabalhadores do setor privado, o governo federal anunciou nesta quinta-feira (7) revisão de alguns tipos de benefícios. Para este ano, a estimativa é de que o rombo do INSS some R$ 146 bilhões, com alta de 70% frente a 2015.

A primeira medida é a revisão imediata do auxílio-doença e da aposentadoria concedida por invalidez. O alvo da revisão, informou o governo, são casos em que esses benefícios são concedidos há mais de dois anos

De acordo com o governo, existem hoje 840 mil beneficiários de auxílios-doença e 3 milhões de aposentadoria por invalidez recebendo há mais de 2 anos. Por ano, o auxílio-doença gera uma despesa de R$ 1 bilhão. Já as aposentadorias por invalidez exigem gastos mensais de R$ 3,6 bilhões.

Essa revisão será implementada por meio de Medida Provisória. Na semana passada, o governo já havia anunciado que faria uma perícia no auxílio-doença.

O governo informou que a revisão desses benefícios já deveria ser feita a cada dois anos para evitar que beneficiários que retomaram a condição para voltar ao mercado de trabalho continuem recebendo os valores indevidamente. Entretanto, isso não é feito desde 2008.

O assessor especial da Casa Civil Marcelo de Siqueira informou que o governo pretende passar a fazer essas revisões a partir de agora e estimou que a medida deve reduzir os gastos com pagamento dos benefícios em R$ 6,3 bilhões por ano.

Desse total, R$ 3,95 bilhões viriam da revisão do auxílio-doença (estimativa de cortar 30% dos benefícios) e R$ 2,3 bilhões da aposentadoria por invalidez (eliminando 5% dos benefícios).

O governo informou que, para viabilizar a revisão dos benefícios pelos peritos do INSS, haverá o pagamento de R$ 60 por procedimento extra, a ser realizado nesse público específico. Os peritos, porém, terão de continuar cumprindo sua cota diária e esse valor será pago por perícia adicional.

 

 

G1 Brasília

Matérias Relacionadas

Economia

Mega-sena pode pagar R$ 40 milhões neste sábado

Caso apenas um ganhador leve o prêmio da Mega-Sena e aplique todo o valor na Poupança, poderá receber aproximadamente R$ 69 mil apenas em rendimentos mensais.
Mega-sena pode pagar R$ 40 milhões neste sábado
Economia

Confira o calendário para saque em dinheiro do auxílio emergencial

Caixa anunciou cronograma de pagamentos que vai de julho a setembro
Confira o calendário para saque em dinheiro do auxílio emergencial
Saúde

Covid-19: Brasil registra 69,1 mil mortes e 1,75 milhão de casos

Há 632 mil pessoas em acompanhamento e 1.054.043 estão recuperadas
Covid-19: Brasil registra 69,1 mil mortes e 1,75 milhão de casos
Educação

Bolsonaro promete anúncio de novo ministro da Educação nesta sexta

Presidente falou em uma pessoa "conciliadora" para o cargo
Bolsonaro promete anúncio de novo ministro da Educação nesta sexta
Ver mais de Brasil