Brasil

Após incêndio, Museu da Língua Portuguesa será reaberto

A previsão para a reinauguração é dia 25 de junho

01 Mar 2020 - 15h00Por Da Redação
Após incêndio, Museu da Língua Portuguesa será reaberto - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Já se passaram 5 anos depois do incêndio que destruiu o Museu da Língua Portuguesa, no bairro da Luz, em São Paulo e agora a boa notícia é que o espaço será reaberto ao público.

A previsão para a reinauguração é dia 25 de junho.

Ao todo, foram investidos R$ 81,4 milhões, boa parte vinda do seguro de incêndio.

A nova estrutura terá um acesso direto pela Estação Luz do Metrô, uma tentativa do governo para estimular as visitas. No terraço, haverá um café aberto, com vista para o Parque da Luz e para a Pinacoteca.

Espera-se que passem 600 mil visitantes no primeiro ano de reabertura do museu.

A inauguração será fechada para presidentes e representantes de países lusófonos e autoridades. Somente no dia seguinte, o público poderá reencontrar o Museu da Língua Portuguesa.

Ainda não se sabe qual organização social vai administrar o Museu.

O governo publicou um chamamento para definir essas questões burocráticas.

O incêndio

O Museu pegou fogo após defeito em um dos holofotes, de acordo com o laudo do Instituto de Criminalística.

As chamas destruíram parcialmente a estrutura do museu no dia 21 de dezembro de 2015.

Ronaldo Pereira, de 39 anos, que trabalhava no local como bombeiro civil, morreu após parada cardiorrespiratória devido à fumaça.

História

Aberto ao público no dia 1º de março de 1901, o prédio da Estação da Luz carrega referências estruturais importadas da Inglaterra.

Projetada pelo britânico Charles Henry Driver, um renomado arquiteto de estações ferroviárias, a obra levou seis anos para ser concluída.

O local onde os passageiros acessam a estação imita a estrutura do Big Ben, em Londres, com o grande e redondo relógio no topo da torre.

Do outro lado, duas torres quadradas seguem o estilo gótico da Abadia de Westminster, uma igreja londrina.

Em 1901, o nome também carregou inspirações britânicas: e foi batizado de São Paulo Railway Station.

No total, o edifício tem 7,5 mil m², que foram construídos com alvenaria de tijolos sobre mecanismos pré-moldados.

A estação teve um papel importante durante a época cafeeira, ligando as fazendas de café ao Porto de Santos.

Fonte: SóNotíciaBoa


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Esportes

Rayssa Leal dispensa festa na chegada ao Brasil

Skatista de 13 anos fez história conquistando prata na Olimpíada
Geral

Bolsonaro sanciona programa de combate à violência contra a mulher

Sinal Vermelho envolve parceria com estabelecimentos privados
Bolsonaro sanciona programa de combate à violência contra a mulher
Esportes

Provas olímpicas de atletismo iniciam no fim de semana

As provas da modalidade iniciam no dia 30 e, no dia 31, às 21h30, horário de Brasília, é a vez da representante de Jaraguá do Sul, Simone Ponte Ferraz, na semifinal dos 3.000 metros com obstáculos
Provas olímpicas de atletismo iniciam no fim de semana
Política

[VÍDEO] Ratinho cita Jaraguá como uma das cidades mais organizadas do Brasil

Em rede nacional, apresentador mandou abraço para o prefeito Antídio Lunelli e citou o município como referência para o país 
[VÍDEO] Ratinho cita Jaraguá como uma das cidades mais organizadas do Brasil
Ver mais de Brasil