Delivery Much
Brasil

ANTT retira multas dos caminhoneiros que não cobrarem piso mínimo do frete

Baixa efetividade na fiscalização motivou decisão, segundo comunicado da autarquia

03 Mai 2019 - 13h00Por Raphael Costa / Agência do Rádio
ANTT retira multas dos caminhoneiros que não cobrarem piso mínimo do frete -

Os caminhoneiros que realizarem transportes com preço abaixo do instituído na tabela de fretes não serão mais penalizados. A decisão foi tomada no início desta semana pelo colegiado da Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT).

De acordo com o comunicado da autarquia, o relator do processo, Marcelo Vinaud destacou que o desenho regulatório atual desmotiva os transportadores a denunciarem as práticas, já que as punições aplicadas aos caminhoneiros seriam as mesmas do que as aplicadas aos embarcadores. Um contexto desse fez com que as fiscalizações tivessem baixa efetividade, já que motoristas alteravam horários e rotas das viagens para não serem multados. 

A decisão é tomada justamente após uma intensificação nas fiscalizações. Dos dias 3 a 25 de abril a ANTT realizou mais de 1.300 fiscalizações em todo o país. Ao todo, foram feitos mais de 1.700 flagrantes de infração em 31 locais diferentes. 

O tabelamento do frete foi estabelecido no ano passado, como ponto de negociação entre o governo para o fim da greve dos caminhoneiros que paralisaram as atividades por 11 dias no mês de maio. Os preços eram calculados com variantes que levavam em conta o tipo de veículo, a carga em questão e o trajeto estabelecido, entre outros fatores.

As multas aplicadas aos caminhoneiros que não obedecessem a tabela variava de R$ 550 até R$10.500. A aplicação do tabelamento do frete foi duramente criticada por representantes dos setores industriais e agropecuário. 


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Vacinas da AstraZeneca chegam ao Brasil

De acordo com a Fiocruz, assim que chegarem à instituição, as vacinas passarão por checagem de qualidade e segurança, além de rotulagem, com etiquetagem das caixas com informações em português
Vacinas da AstraZeneca chegam ao Brasil
Saúde

Covid-19: Anvisa aprova segundo lote da vacina CoronaVac

Desta vez, envase e rotulagem foram feitos pelo Instituto Butantan
Política

Biden vai pedir quarentena a passageiros internacionais

Ele pediu ainda o uso de máscaras em transportes entre os estados
Economia

Nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje

Serão beneficiadas 3,5 milhões de pessoas
Nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje
Ver mais de Brasil