Séculus
Energia elétrica

Aneel aprova revisão de bandeiras e conta pode ficar mais barata

27 Jan 2016 - 19h41
Essas bandeiras são aplicadas quando fica mais caro produzir energia e o efeito final é uma conta de luz mais alta para o consumidor. Em reunião extraordinária, nesta terça-feira (26), ficou estabelecido que a diminuição dos valores das bandeiras é válida a partir de fevereiro. A bandeira vermelha passará a ter dois patamares: R$ 3,00 e R$ 4,50, aplicados a cada 100 kWh (quilowatt-hora) consumidos. A bandeira amarela cai de R$ 2,50 para R$ 1,50, a cada 100 kWh. A decisão desta terça foi baseada em estudos da Superintendência de Gestão Tarifária da Aneel.
GNet

Matérias Relacionadas

Segurança

Zé trovão segue foragido após pedido de habeas corpus ser negado

Com a negativa, o pedido de prisão preventiva expedido pelo ministro Alexandre de Moraes em setembro segue mantido.
Zé trovão segue foragido após pedido de habeas corpus ser negado
Saúde

Brasil registra menor média móvel de mortes desde o início da pandemia

Sete meses após o pico da doença, vacinação mostra resultados
Brasil registra menor média móvel de mortes desde o início da pandemia
Geral

[VÍDEO] Navio-veleiro Cisne-Branco da Marinha se choca contra ponte no Equador

Não houve feridos no acidente
[VÍDEO] Navio-veleiro Cisne-Branco da Marinha se choca contra ponte no Equador
Economia

Câmara aprova valor fixo para cobrança do ICMS para combustíveis

Texto segue para o Senado
Câmara aprova valor fixo para cobrança do ICMS para combustíveis
Ver mais de Brasil