Imobiliária Coralli
Lava-jato

Aeroportos estão na mira da Lava Jato

20 Jun 2016 - 12h39
A Procuradoria da República cobra de Marcelo Bahia Odebrecht e José Aldemário Pinheiro, o Léo Pinheiro, da OAS, informações sobre contratos de concessões de aeroportos e obras de infraestrutura nos terminais que foram aceleradas para a Copa de 2014 e para a Olimpíada deste ano.

A Lava Jato já encontrou indícios de que houve corrupção no processo de concessão de aeroportos realizadas em 2011, 2012 e 2013, anos em que as empresas administravam os aeroportos de maior valor. A força-tarefa acredita que Marcelo Odebrecht e Léo Pinheiro podem fornecer detalhes desses negócios - que somaram, ao todo, R$ 45 bilhões.

 

 

Jornal O Dia

Matérias Relacionadas

Economia

Dólar fecha no maior valor em 20 dias após queda nos juros

Bolsa de valores subiu 1,29% e voltou a superar 104 mil pontos
Dólar fecha no maior valor em 20 dias após queda nos juros
Esportes

Athletico vira nos acréscimos sobre Coritiba e é tri no Paranaense

Vitória por 2 a 1 dá nono título estadual sobre o maior rival
Athletico vira nos acréscimos sobre Coritiba e é tri no Paranaense
Esportes

Corinthians e Palmeiras abrem final do Paulista com empate sem gols

Timão teve as melhores chances, mas parou em defesas de Weverton
Corinthians e Palmeiras abrem final do Paulista com empate sem gols
Esportes

Mineiro: Atlético derrota América e está na final

Tombense é o adversário do Galo na decisão
Mineiro: Atlético derrota América e está na final
Ver mais de Brasil