Premix Concreto
PIS

800 mil ainda não sacaram abono de 2014

17 Out 2016 - 12h29
O brasileiro ainda tem dúvidas se tem direito a sacar o PIS. Apesar de o dinheiro estar disponível desde junho do ano passado, cerca de 800 MIL de trabalhadores ainda não sacaram o PIS e o Pasep referentes ao ano de 2014. O principal motivo para os trabalhadores não sacarem é a falta de informação.

Tem direito a sacar o PIS quem trabalhou pelo menos UM MÊS no ano de 2014. Mesmo que esteja desempregado atualmente. O trabalhador precisa ter recebido no máximo DOIS salários mínimos mensais enquanto trabalhava. Também é necessário estar inscrito no PIS ou no Pasep há mais de CINCO anos./ O valor do benefício é de um salário mínimo. Hoje, 880 REAIS. Se ainda ficou alguma dúvida, o Ministério do Trabalho criou uma lista, que está disponível no site deles, com o nome de cada um dos trabalhadores que têm o direito ao PIS 2014.

Se ainda ficou alguma dúvida o trabalhador pode ligar no número 158, da central Alô Trabalho. Outra opção é entrar em contato com alguma agência do Banco do Brasil para os trabalhadores que precisam receber o Pasep. No caso do PIS é possível ir a qualquer agência da Caixa Econômica.  Para sacar basta ir a uma agência com um documento de identidade e pedir o PIS, ou o Pasep referentes ao ano de 2014./ A lista com o nome dos trabalhadores que têm direito ao saque pode ser acessada pelo site trabalho.gov.br.

Matérias Relacionadas

Segurança

PRF confirma 10 mortes em acidente com ônibus em Minas Gerais

Segundo a PRF, o ônibus tem placa de Alagoas, mas ainda não se sabe a origem, nem o destino da viagem.
Geral

Em live, Bolsonaro pede que população economize energia elétrica

Presidente alertou sobre baixo nível de reservatórios
Em live, Bolsonaro pede que população economize energia elétrica
Economia

PIB cresce 7,7% do segundo para o terceiro trimestre, diz IBGE

Apesar do crescimento, economia não recuperou perdas da pandemia
Saúde

Câmara aprova MP que destina R$ 1,995 bi para compra de vacina

Texto segue para votação no Senado
Câmara aprova MP que destina R$ 1,995 bi para compra de vacina
Ver mais de Brasil