Inflação

51,8% dos reajustes salariais ficaram abaixo da inflação em agosto

28 Set 2016 - 11h31
Mais da metade (51,8%) dos reajustes salariais negociados no mês de agosto ficaram abaixo da inflação dos 12 meses anteriores, medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que foi de 9,6%. Os dados são da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), com dados do Ministério do Trabalho e Emprego.

Contudo, a média dos reajustes salariais em agosto foi igual à inflação acumulada nos 12 meses anteriores. Nas convenções coletivas, o ajuste mediano foi de 9,6%, e nos acordos coletivos, de 9,0%.

O estado do Acre apresentou o menor reajuste salarial em agosto, com perda de 5,6% em relação à inflação do período. Já a categoria com a maior perda salarial frente ao INPC foi extração e refino de petróleo (-3,9%).

Segundo o levantamento, a média do piso salarial com vigência em agosto foi de R$ 1.060 (20,4% maior que o salário mínimo, hoje em R$ 880). Nas convenções, o piso mediano foi de R$ 1.115, enquanto nos acordos, R$1.060.

 

As informações são do

Site G1

Matérias Relacionadas

Política

Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para covid-19

Resultado do exame realizado ontem saiu nesta terça-feira
Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para covid-19
Economia

Nascidos em fevereiro podem sacar auxílio emergencial do 3º lote

Recursos são transferidos automaticamente para as contas indicadas
Nascidos em fevereiro podem sacar auxílio emergencial do 3º lote
Futebol

Fluminense será o mandante da partida final da Taça Rio

Campeão estadual pode ser conhecido nesta quarta feira, 8
Fluminense será o mandante da partida final da Taça Rio
Política

Bolsonaro faz exame de covid-19; resultado sai nesta terça

Informação foi divulgada pela Secretaria de Comunicação Social
Bolsonaro faz exame de covid-19; resultado sai nesta terça
Ver mais de Brasil