Piermann
Tecnologia digital

Tecnologia digital ainda não chegou para cerca de 30% da indústria brasileira

14 Set 2018 - 16h13

O percentual deixa claro que parte do setor industrial do país ainda precisa se adequar à nova revolução industrial, a Indústria 4.0, que traz a integração do mundo físico e virtual, por meio de inovações tecnológicas.

ECED


De acordo com o especialista em finanças e tecnologia, Edemilson Paraná, o Brasil ainda tem um longo caminho a percorrer para acompanhar todas as mudanças da Indústria 4.0.

“Você tem uma série de questões que dificultam a nossa situação, que é todo o investimento em infraestrutura de produção, na cadeia produtiva da robótica, da ciência de dados e do software em geral no Brasil, que é um setor subdesenvolvido. Não só porque o país carece de uma infraestrutura, mas porque é uma indústria que tem tido pouco incentivo nos últimos anos.”

Para o diretor nacional de Operações do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Gustavo Leal, a Indústria 4.0 muda a forma de produção das coisas e traz ganho de produtividade e competitividade para a indústria. Mas explica que para que esse crescimento seja possível, é preciso investir em infraestrutura e capacitação profissional.

“Nós precisamos de estratégias muito bem definidas em relação à preparação de uma infraestrutura adequada para isso, principalmente no que diz respeito à conectividade, à velocidade de internet. Mas, talvez, o desafio principal seja a capacidade que o país venha a desenvolver de formar as pessoas com perfis competentes, adequados para esse novo patamar tecnológico.”


Priorizar políticas para a adoção das novas tecnologias e promover o desenvolvimento tecnológico no setor industrial, além de desenvolver estratégias para a formação e requalificação de profissionais, são algumas das propostas encaminhadas pela Confederação Nacional da Indústria aos candidatos à Presidência da República. As propostas foram definidas a partir de um estudo realizado pela CNI para identificar os principais problemas da indústria.

Segundo a CNI, o percentual de indústrias do país que utilizam pelo menos uma tecnologia digital passou de 63%, em 2016, para 73%, em 2018, mas apenas 48% das empresas reconhecem a importância das tecnologias digitais e pretendem investir em recursos da Indústria 4.0.

Reportagem, Aline Dias / Agência Rádio Mais 

Odontocap

Matérias Relacionadas

GERAL

Para manter médico, prefeito do RS convida cubano para ser secretário

GERAL

Edital para vagas do Mais Médicos sai na semana que vem, diz ministro da Saúde

GERAL

Após viaduto ceder, zona oeste tem trânsito carregado

Ver mais de Geral