Caminhada

Missão cumprida: Grupo dos Fortes conclui percurso de 62km de Camboriú a Nova Trento

07 Nov 2018 - 10h34Por Rodrigo Floriani
Missão cumprida: Grupo dos Fortes conclui percurso de 62km de Camboriú a Nova Trento - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Os integrantes do Grupo dos Fortes estão realizados. Acostumados percorrer rotas de aproximadamente 30 km, desta vez eles foram além e concluíram a rota religiosa de Camboriú a Nova Trento, entre os dias 2 a 3 de novembro, vencendo os 62km de rota.

 

Esta caminhada foi especial, com os 18 integrantes refazendo o caminho percorrido em 1899 pela na época irmã Paulina, hoje Santa Paulina, ao participar da inauguração da Igreja Espírito Santo, em Camboriú, acompanhada de pessoas da comunidade e da banda do Padre Sabatini.

Grupo durante parada no percurso de Camboriú a Nova Trento, entre os dias 2 a 3 de novembro

Alguns integrantes do grupo relatam, detalhadamente, como foi a experiência. “Saímos de Jaraguá do Sul às 5h30, com destino a Camboriú, no Salão Paroquial Cristo Rei, onde iniciamos nossa caminhada depois de um alongamento. Partimos às 7h30 para o primeiro dia de caminhada, num percurso de 32 km até a Pousada Bicho do Mato, em Tijucas”, relata Laércio Bertoldi.

 

Entre o percurso cenas que o grupo já estão acostumados, com passagens por área urbana, trecho de lavouras e criação de gado. Trechos com mata e com alguns aclives e declives bem forte também fizeram parte do passeio. Para desfrutar do momento, o grupo chegou no ponto de apoio, para tomar café, água e descansar. A chegada a pousada foi às 15h30, onde o grupo jantou e programou o dia seguinte. Primeiro dia vencido!

 

Na manhã de sábado (3) o despertador fez os amigos levantarem às 4h, para tomar café e rezar em frente a uma pequena capelinha existente na pousada. Às 5h40 pé na estrada, com destino ao Santuário de Santa Paulina. A frente, algo desafiador.

 

“Passamos por trechos de morro e umas partes mais leves, no interior dos municípios de Canelinha, São João Batista e chegando, finalmente, em Nova Trento, para os últimos 12 km do trajeto. Foi onde passamos por trecho de uns 3 km de reserva florestal com caminho sem condições de trafego de automóveis, apenas motos e carros 4x4”, observa Joselito Schioquet.

 

Um dos momentos marcantes foi a 2 km de completar o percurso, quando o grupo visitou a casa do senhor Alexandre Atílio Wisintainer, 101 anos, sobrinho da Santa Paulina. “Aproveitamos para saborear um bom vinho colonial, produzido pelo filho do senhor Alexandre. Após dedicar um tempo para uma boa conversa, partiram e finalmente chegaram ao Santuário Madre Paulina, onde fomos recebidos pela agente da secretaria de turismo de Nova Trento, Débora, e pela irmã Luzia”, comemora Lindoldo Rudnick.

Percurso concluído e a satisfação estampada no rosto de cada participante. “Nós, do Grupo dos Fortes, entramos para a história ao percorrer esta rota religiosa. Serviremos de exemplo para muitos grupos que no futuro irão percorrer este mesmo caminho”, enaltece Rudnick.

Oral Sin

Matérias Relacionadas

Vôlei de Praia

Atletas de Jaraguá são destaques do Estadual Sub 21

Atletas de Jaraguá são destaques do Estadual Sub 21
Schroeder

Natalia Campregher é bronze nos Jogos Escolares da Juventude

Natalia Campregher é bronze nos Jogos Escolares da Juventude
Handebol

Meninos do mirim conquistam título invicto

Meninos do mirim conquistam título invicto
Ver mais de Esportes